Notícias

« Voltar

Excesso de vitamina D pode causar problemas cardíacos

Tudo em excesso faz mal. Até vitaminas. De acordo com estudos da Johns Hopkins University School of Medicine, nos Estados Unidos, níveis de vitamina D acima no normal podem aumentar o risco de inflamações cardíacas.

Publicado em: 21.10.2015 às 11:50 am

Tudo em excesso faz mal. Até vitaminas. De acordo com estudos da Johns Hopkins University School of Medicine, nos Estados Unidos, níveis de vitamina D acima no normal podem aumentar o risco de inflamações cardíacas. Por isso, é necessário ficar atento aos riscos associados ao uso de suplementos vitamínicos sem necessidade, especialmente a vitamina D.

A vitamina D é um nutriente solúvel em gordura, encontrado facilmente em muitos alimentos. O composto está presente em atum, sardinha, fígado de boi, ovo, leite não desnatado e manteiga, e é responsável pela absorção de fósforo e cálcio, que tornam ossos e dentes fortes e saudáveis. A vitamina D se acumula sob a nossa pele, sendo ativada pela luz ultravioleta, daí a importância de exposição direta ao sol. Portanto, se recebermos o sol através de uma vidraça, a luz ultravioleta não chegará à nossa pele e não ativaremos a vitamina D.

Devido ao fato da vitamina D ser armazenada no corpo, o excesso dessa substância pode ser muito tóxico e causar hipervitaminose D, cujos sintomas incluem pedras nos rins, perda de massa óssea, fraqueza, anorexia, náuseas, vômitos e função renal reduzida. Cabe ressaltar que o excesso da vitamina pode ser proveniente de suplementos dietéticos e não de fontes de alimentos ou de superexposição à luz do sol, pois nestes casos, o próprio corpo regula a produção da substância.

Saiba Mais:

  • Tome sol por 15 minutos diariamente;
  • Passe filtro solar no rosto. Deixe pernas e braços livres;
  • Pessoas mais claras obtêm a vitamina D mais facilmente. O ideal é que se exponham ao sol por até 15 minutos, 3 vezes por semana.