Notícias

« Voltar

Fiocruz produz medicamento essencial ao transplante de órgãos

O tacrolimo é utilizado para evitar a rejeição dos pacientes ao rim ou ao fígado transplantado

Publicado em: 23.04.2018 às 12:26 pm

O Instituto de Tecnologia em Fármacos, unidade da Fiocruz instalada em Jacarepaguá, começou, em março, a produzir as primeiras cápsulas de tacrolimo, medicamento usado para evitar a rejeição de órgãos em pacientes que passaram por transplante de rim ou fígado. Até então, um laboratório particular era o principal fornecedor do remédio ao Sistema Único de Saúde. Em 2013, teve início uma parceria de desenvolvimento produtivo que investiu 43 milhões de reais no pátio fabril e permitiu a transferência da tecnologia para a instituição. Para a Sociedade Brasileira de Nefrologia, a iniciativa pode garantir a regularidade do abastecimento, principalmente em clínicas e hospitais públicos. A demanda, a propósito, é grande: anualmente são realizados quase 8 000 transplantes de fígado e rim, e cerca de 34 000 pessoas utilizam o tacrolimo no país. Em breve, começa ainda a produção de antirretrovirais, além de drogas empregadas no tratamento do Parkinson.

Fonte: Veja Rio