Metodologia

« Voltar

CITOMETRIA DE FLUXO

A Citometria de Fluxo é uma técnica rápida e precisa utilizada para contar, analisar e classificar simultaneamente partículas microscópicas marcadas por diferentes radicais químicos chamados fluorocromos. Essas partículas, suspensas em um meio líquido, são aspiradas por um aparelho chamado Citômetro de Fluxo, e nele atravessam feixes de raios laser. A energia desses raios excitam os fluorocromos, que emitem sinais fluorescentes.

O uso de fluorocromos diferentes em citômetros com vários lasers e vários fotodetectores, permite medir simultaneamente diversas características de cada partícula (em uma célula, por exemplo) facilitando sua contagem, identificação e análise (Citometria de Fluxo Multiparamétrica).

No LIG Diagnósticos Especializados, a Citometria de Fluxo é usada em conjunto com plataformas Luminex e softwares especiais. Dessa forma, aumenta a rapidez, precisão e a sensibilidade de alguns exames, como a Tipagem HLA molecular, pela análise de DNA ligado a esferas magnéticas marcadas, e também o Painel de Reatividade de Células (PRA), que detecta anticorpos no soro de pacientes à espera de transplante de órgãos.

PCR EM TEMPO REAL

A técnica de PCR (reação em Cadeia de Polimerase), muito usada em nossos dias, consiste na obtenção em laboratório de várias cópias de uma região genética (amplificação), de modo a se ter maior quantidade desse pedaço de DNA para realização de uma análise.

Uma evolução dessa técnica, o PCR em Tempo Real, permite que a amplificação e a detecção do novo fragmento de DNA ocorram simultaneamente, com altíssima sensibilidade, gerando um sinal fluorescente detectável desde o início do processo, e possibilitando a obtenção de um resultado qualitativo e/ou quantitativo de forma rápida e precisa.